Ciao! Vamos te contar um segredinho: em Brera, além das belas ruas de pedestres, restaurantes e da Pinacoteca, existe um jardim quase secreto, o Horto Botânico. Ele se apresenta ao visitante como um refúgio verde bem no centro de Milão, com suas variedades de plantas e milhares de segredos para descobrir. Vem com a gente!

A história do Horto Botânico de Brera começa séculos atrás, era um lugar de meditação e cultivo de plantas medicinais para os padres jesuítas. Somente entre 1774 e 1775, foi nomeado Horto Botânico de Brera, a mando da imperatriz Maria Teresa da Áustria, que solicitou a reconstrução da área, levando o Palazzo Brera (um colégio jesuíta na época) a se tornar um centro cultural, literário e científico do século XVIII. Durante muito tempo, foi um local de educação para farmacêuticos e médicos, dadas as inúmeras plantas medicinais cultivadas ali.

Horto Botânico de Brera

Ao caminhar pelo Horto, além da tranquilidade do ambiente, é possível admirar inúmeras plantas que são fascinantes em qualquer época do ano. Desde as plantas medicinais já mencionadas que continuam sendo cultivadas hoje e algumas de ambientes específicos. Existem também vários tipos raros que são representativos da disseminação da cultura da biodiversidade. As árvores também estão muito bem representadas: em particular, dois Ginkgo biloba que, com seus dois séculos e meio de vida, são o símbolo do Horto. 

Horto Botânico de Brera

O Horto é até pequeno, mas compensa pela sua diversidade, beleza e tranquilidade. A primeira vez que entramos por acaso no Horto, depois de visitar a Pinacoteca que fica junto a ele, nos surpreendemos por haver um jardim bem no meio de Brera, quase vazio. Talvez uns dois outros casais também visitavam o Horto (ele é um lugar bem romântico), e considerando o quão visitado é Brera (leia aqui nossa matéria exclusiva) e a Pinacoteca, é de se surpreender que o Horto seja ainda tão vazio. Ele é realmente um refúgio no meio de Milão.

Visitar o Horto Botânico de Brera também significa admirar diferentes plantas que há anos inspiram vários artistas, muitos dos quais são visíveis na Pinacoteca di Brera que, como já dissemos, fica no mesmo complexo. É assim que você pode admirar a rosa que Bernardino Luini retratou em “Madonna del Roseto” quadro este que está em exposição na Pinacoteca e foi inspirado pelo Horto. 

“Madonna del Roseto” de Bernardino Luini

Para chegar ao Horto Botânico de Brera

São duas formas de chegar.

Atravesse a Pinacoteca: entrando não suba as escadarias, vá ao fundo do prédio a direita, uma porta indicará a entrada do Horto.

Outro modo de chegar é pela Via Privata Fratelli Gabba, 10. 

Horários

1 de abril a 31 de outubro (de segunda a sábado) das 10h00 às 18h00
1 de novembro a 31 de março (segunda a sábado) das 9h30 às 16h30

O Horto Botânico de Brera não abre aos finais de semana e feriados. Entrada gratuita. 

SUPER DICA! Está vindo para Milão? Faça nossa sessão fotográfica, inclusive usando o Horto Botânico de Brera como locação! Todos nós amamos ver fotos de uma boa viagem e lembrar dos bons momentos, não é mesmo? Fale conosco e agende já sua data.

Write A Comment