Feriado de Páscoa, acordamos no sábado depois de uma semana atarefada e sem tempo de planejar nada, com vontade de fazer um passeio rápido e diferente da cidade para relaxar um pouco. Bellano foi a escolha perfeita. Saindo de Milão de carro, fizemos um percurso de 1h20 bem tranquilo e bonito. Pagamos 4,40 euros totais de ida e volta no pedágio, baratinho. E se você não está de carro, a Estação Central de Milão tem trêns a Bellano-Tartavalle Terme a um valor de 6,70 na média, o trecho. 

Bellano fica na província de Lecco (ainda na Lombardia), nos pés das montanhas e na beirada do Lago de Como (o Lago de Como não é só na cidade de Como). Nossa primeira parada foi ao Orrido di Bellano, que é uma garganta natural, formada durante 15 milhões de anos (resultado do desgelo de uma geleira) e da água do riacho Pioverna, que por erosão, escavou uma profunda garganta entre as cidades de Tracena, Valsassina e Bellano. Seu ingresso custa 4 euros adulto e 3,50 criança até 12 anos e estava tranquilo, não tinha quase ninguém, mas saiba que as vezes pode ter uma fila sim. Tivemos sorte! Bom, a sorte que não tivemos foi que a água estava um pouco baixa, com mais vegetação e pedras que água, mesmo assim é bem bonito. 

Em Orrido a possibilidade de percorrer um breve percurso dentro da garganta é uma experiência única, utilizando passarelas fixas na rocha. Sua água espumante é de um verde fantástico com lindas cascatas e uma grande vegetação, as grutas escavadas nas rochas constituem um espetáculo muito particular. A força da água, nos séculos passados, era usada pelas fábricas locais para a mineração. Com a energia elétrica, foram instalados condutores, ainda hoje de uso da montanha, servindo-se de potência da água e alimentando duas centrais hidroelétricas. Paramos o carro na rua sem custo na primeira hora em frente a Parrocchia di Bellano, que fica ao lado da entrada do Orrido e como o passeio dura mais ou menos esse tempo, foi perfeito. Saindo do Orrido fomos conhecer a cidade, pagando assim as horas a mais de estacionamento. 

E que cidade legal! Com alguns restaurantes, cafés, sorveterias e bares na margem, vem todo aquele clima maravilhoso de praia e de interior. A poucos dias a primavera começou e é tão bom esquecer um pouco do inverno. Vimos algumas pessoas fazendo piquenique, e achamos uma boa idéia, então corremos para o mercado ali próximo, compramos várias comidinhas e fomos para a mini praia de pedrinhas que tem ali e passamos mais algumas horas. É uma ótima opção para um passeio com a família ou um passeio romântico. Uma verdadeira vista de cartão postal, montanhas ao fundo, água fresquinha limpa e azul. Voltamos renovados. Tudo que nós precisávamos no feriado de Páscoa!

Até a próxima! Bacio.

Write A Comment