Ciao! Todos conhecemos Leonardo da Vinci como o grande mestre do renascimento que era pintor, escultor, desenhista, escritor, anatomista, botânico, engenheiro, designer e inventor, o difícil é encontrar alguma coisa que ele não era. Criador de inesquecíveis obras como a Última Ceia e Monalisa, Leonardo da Vinci não precisa de muitas apresentações, mas até ele que é considerado um dos maiores gênios, teve que lidar com a busca por emprego e lá, a mais de quinhentos anos, de fato, Leonardo escreveu o que pode ser definido como uma carta de apresentação, um currículo, um documento que até hoje surpreende por sua modernidade e eficácia.

Era o ano de 1482 e Leonardo tinha trinta anos. Ele vem da oficina de Verrocchio e supera seu , até então mestre em habilidades. Ele tem experiência de trabalho em Florença, onde começou a pintar suas obras-primas, mas em busca de novos incentivos profissionais, quer se mudar para Milão, na corte do duque Ludovico il Moro.

O aspecto mais interessante da carta é que Leonardo não destaca seus talentos como artista, como seria de se esperar, mas destaca outras habilidades. É precisamente essa escolha particularmente astuta que torna o texto interessante, se considerarmos as características que um currículo deve ter hoje. Vamos ler o que a carta diz?

O “currículo” de Leonardo

Abaixo o texto da carta traduzida livremente para português:

Como foi constatado que todos aqueles que afirmam ser inventores de instrumentos de guerra inovadores não criaram nada de novo, revelarei a você meus segredos neste campo e os colocarei em prática quando necessário. As coisas que eu posso fazer estão listadas, mesmo que brevemente, abaixo (mas eu posso fazer muito mais, dependendo das necessidades):

1 – Sou capaz de criar pontes, grandes mas administráveis, tanto para atacar os inimigos quanto para escapar deles; e pontes para usar em batalhas, capazes de resistir ao fogo, fáceis de montar e desmontar; e sei como queimar a dos inimigos.

2 – No caso de um ataque, sei como remover a água das valas e criar máquinas de ataque adequadas para esse fim.

3 – Se, sempre em caso de ataque, a fortaleza for inatacável por bombardeiros normais, sou capaz de destruir todas as fortificações, mesmo as mais resistentes.

4 – Projetei bombas muito úteis que lançam projéteis à semelhança de uma tempestade, de modo a criar medo e confusão no inimigo.

5 – Consigo conceber e criar, de maneira silenciosa, caminhos subterrâneos para chegar a um local específico, passando por baixo de valas e rios.

6 – Construirei carros cobertos, seguros, inatacáveis e equipados de artilharia, que conseguirão quebrar as fileiras inimigas, abrindo caminho para a infantaria, que avançará com facilidade e sem obstáculos.

7 – Se houver necessidade, construirei bombardeiros, morteiros e canhões [para atirar pedras e “balas”] lindos e funcionais, elaborados de uma nova maneira.

8 – Se as bombas não forem suficientes, farei catapultas, manganelas, balestras [máquinas para atirar pedras e “fogos”] e outras máquinas de guerra eficazes, ainda de forma inovadora; Construirei, com base na situação, infinitos meios de ataque e defesa.

9 – No caso de uma batalha no mar, conheço instrumentos eficazes de defesa e ofensas e sei como fazer navios que possam suportar qualquer tipo de ataque.

10 – Em tempos de paz, sou capaz de satisfazer qualquer pedido no campo da arquitetura, em edifícios públicos e privados e na concepção de obras de canalização de água. 

11- Posso fazer esculturas em mármore, bronze e terracota e pinturas de qualquer tipo. 

12 – Poderei realizar o monumento equestre de bronze que celebrará eternamente a memória de seu pai [Francesco] e da nobre família Sforza. 

Se as coisas que prometi fazer parecerem impossíveis e irrealizáveis, estou disposto a fornecer um experimento onde você quiser, Excelência, a quem humildemente me coloco a disposição.

Sob a regência de Ludovico, Milão teve um período de ouro. Naquela época, foram realizadas muitas obras de engenharia civil e militar, como canais e fortificações e o cultivo de amoreiras, ligadas à produção de tecidos de seda.

Máquina desenhada por Leonardo _ Biblioteca Ambrosiana, Milão

A maneira de Leonardo se apresentar é interessante, ainda válida. Leonardo quer ter um contato com o Duque de Milão. Leonardo escreve a Ludovico uma “carta de apresentação”, uma verdadeira auto-candidatura em doze pontos. Nove não têm nada a ver com o que ele era mais conhecido, eles são um catálogo de armas e máquinas de guerra, de extrema importância na época. Apenas os últimos 10,11,12 apresentam sobriamente suas qualidades como engenheiro civil e, finalmente, também como artista.

Máquina desenhada por Leonardo _ Biblioteca Ambrosiana, Milão

O currículo de Leonardo da Vinci mostra toda a sua segurança e genialidade. Ele começa a carta de uma forma que poucos hoje ousariam começar. Leonardo esclarece que seu perfil profissional é o melhor: ele escreve que todos aqueles que se passam por especialistas em instrumentos de guerra na verdade não inventaram nada. “As coisas que eu posso fazer estão listadas, embora brevemente, abaixo (mas eu posso fazer muito mais, dependendo das minhas necessidades)”. Leonardo sabia se vender e devemos aprender com ele.

Estudo para o primeiro projeto do Cavalo em homenagem a Francesco Sforza

Com uma idéia moderna, idéia de comunicação, um gênio psicológico, habilmente, mas não por acaso, no final do texto: ele propôs a Ludovico o projeto de um grande cavalo de bronze, dedicado a seu pai Francesco Sforza, primeiro duque de Milão. Esse cavalo infelizmente nunca feito por Leonardo, o único modelo de argila que foi construído foi destruído e séculos depois um cavalo foi feito em homenagem a esse seu desenho; esta se encontra em Milão no Hipódromo de San Siro (leia aqui nossa matéria exclusiva sobre o Cavalo de Leonardo).

currículo de Leonardo da Vinci
Biblioteca Ambrosiana de Milão. O Código Atlântico está na caixa no centro da imagem

* O currículo de Leonardo da Vinci se encontra atualmente no Código Atlântico, conservado na Biblioteca Ambrosiana de Milão.

8 Comments

  1. Que interessante o post!! Aprendi muito sobre o gênio Leonardo da Vinci. Essa carta de Leonardo se encontra em exposição ou somente fica em acervo?

  2. A figura de Leonardo da Vini é muito interessante, muito a frente de seu tempo, mas sempre fico curiosa (e já sei que nunca iremos saber) do quanto do trabalho era dele pessoalmente ou se seus ajudantes. No fim, o que importa mesmo é o seu legado 🙂

Write A Comment