Ciao a tutti! Todos os dias nos perguntam onde tomar uma boa bebida ou um aperitivo em Milão. A resposta: você deve necessariamente ir ao Navigli, o distrito onde os milaneses e turistas do mundo todo caminham ao longo dos canais, desde o horário do aperitivo até tarde da noite. Vamos então conhecer melhor o Navigli em Milão? 

Vamos primeiro descobrir o que é o Navigli. Bom, no Navigli existem três canais, cada um com um nome e história diferentes: o Naviglio Grande, o Naviglio Pavese e o Naviglio Martesana (aulinha de italiano rápida: a palavra Navigli é o plural de Naviglio). O mais velho dos três é o Naviglio Grande, com seu primeiro registro escrito em 1209, embora as obras provavelmente datem de muitos anos antes ou de 1177. 

Navigli em Milão
Naviglio Grande

O sistema Navigli em Milão, com seus 162 km lineares, sempre foi um fator de funcionalidade para a cidade e você não pode dizer que conhece Milão se não conhece o Navigli. Esses longos canais, na memória histórica da cidade, lembram imediatamente os grandes barcos que carregavam o precioso material para a construção do Duomo: o mármore de Candoglia. 

E não pense que só tem os canais para se ver no Navigli. Aproveite para ver também:

O “Cortile degli artisti” (Pátio dos artistas) que é uma bela jóia escondida em Milão e fica dentro de um pátio residencial com vista para Naviglio Grande. A entrada é gratuita, sem a obrigação de comprar nada, no entanto, existe uma regra importante a seguir: respeite o silêncio. Chegando no Cortile, e passando pelo portão inicial, você se encontrará imerso em um pátio cheio de plantas, belas pinturas, artefatos valiosos e fotos de época. Um lugar realmente mágico.

Por ocasião da EXPO 2015, o histórico “Mercato Comunale” (Mercado Municipal) coberto no cais foi restaurado e modernizado e é uma visita obrigatória se você estiver passando por essa área. Nele é possível encontrar de tudo: de especiarias exóticas super perfumadas a produtos tradicionais de Milão, além de algumas frutas de outras partes do mundo que não são comuns aqui (como Pitaya ou Carambola, por exemplo), e também açougues e padarias inevitáveis. 

Navigli em Milão
A Viela dos Lavandeiros

O “Vicolo dei Lavandai” (A Viela dos Lavandeiros) onde é possível admirar uma incrível casa de lavagem que remonta ao século passado. Um testemunho de uma época em que não havia lavadora e, consequentemente, era necessário recorrer a metodologias manuais, que eram, sem dúvida, muito mais exigentes. Ao longo da viela corre um córrego, “el fosset”, que é alimentado diretamente da água proveniente do Naviglio Grande, ali do lado. Ainda estão ali também o que era conhecido como “brellin”, a prancha usada para ensaboar as roupas.

A igreja de Santa Maria delle Grazie al Naviglio, que foi destruída por um incêndio e reconstruída em 1800, porém metade da fachada permaneceu inacabada (na época acabou o dinheiro).

Não deixe de fazer o famoso Aperitivo milanês! 

Agora, a melhor parte do Navigli: o aperitivo! Que continua sendo a principal atração dessa área e símbolo da vida noturna milanesa, se tornando obrigatório entre jovens, não tão jovens, turistas, moradores, todo mundo que está na cidade. Local de encontros e conversas, o aperitivo oferecido nos diversos locais varia entre as 18h00 e 22h00, com um custo que também varia entre 8 e 15 euros e inclui um drink e buffet ilimitado… isso mesmo que você leu, ilimitado! Escolha entre as opções de buffet, que vão desde pães, pizzas, pastas e diversos outros pratos para todos os gostos. E se quiser repetir a bebida, essa se paga separadamente, com valores que mudam de bar para bar. O aperitivo é uma delícia, vale como jantar e temos certeza que você vai adorar a experiência! 

Como chegar no Navigli e os riscos de (ótimas) distrações até ele 

Chiesa di Santa Maria presso San Satiro

A região do Navigli fica a apenas 30 minutos a pé do Duomo de Milão pegando a via Torino, mas isso se você for direto sem nem olhar pro lado, já que na via Torino uma série de coisas bacanas aguardam sua visita como por exemplo a Chiesa di San Satiro, que fica meio escondida mas guarda uma série de lendas e uma ilusão de ótica ligada onde um reduzido espaço do altar da igreja que mede apenas 97 centímetros faz parecer 9 metros e 70 centímetros! Temos certeza que você vai querer conhecer essa igreja antes de chegar no Navigli. 

As colunas de San Lorenzo e a Basilica di San Lorenzo

Uma outra “distração” da via Torino são as “Colonne di San Lorenzo” (Colunas de San Lorenzo) um grupo de incríveis 16 colunas de ruínas romanas com 8,50 m de altura, além da Basilica di San Lorenzo, a igreja mais antiga de Milão. Sua origem vem de quando a cidade ainda era a capital do Império Romano do Ocidente e contém algumas estátuas do Imperador Constantino, inclusive essa da imagem que fica na frente da Basílica e um sarcófago em sua capela que dizem ser de Galla Placidia, irmã do último imperador de Roma, Onório.

Basilica di Sant’Eustorgio

E as distrações não acabam por ai, a Basilica di Sant’Eustorgio, que fica a poucos passos dali também é uma visita muito importante, pois ela guarda o sarcófago, dizem as lendas, dos reis magos. 

Agora, a última distração da via Torino, são as inúmeras lojas de todos os tipos que podem te fazer demorar horas para chegar no Navigli (acredite, é normal nesse caso demorar horas, as lojas e atrações da via Torino são hipnotizantes). 

Mas se você prefere não correr esses riscos e ir direto ao Navigli, pode chegar de metrô descendo na estação “Porta Genova” que fica na linha verde M2 ou ainda pegar o Tram (o bondinho) de número 3 na frente da Zara que fica no começo da via Torino e que te levará do mesmo jeito ao Navigli sem muitos riscos de distrações. 

Com todas essas dicas temos certeza que você vai adorar o Navigli e ficar horas nele! Buon divertimento! 

Aproveite e saiba mais sobre nossos ENSAIOS FOTOGRÁFICOS EM MILÃO! Leve para casa as mais lindas recordações!

8 Comments

  1. Muito boas estas informações sobre o bairro Navigli em Milão. Não imaginava que a cidade tivesse canais. Preciso voltar a Milão para conhecer este luar lindo. Obrigada por compartilhar.

  2. Não sabia que Navigli era tão linda. Amei as fotos e as dicas já quero por no roteiro.

  3. Quando estive em Milão, fiquei várias noites para poder fazer vários bate-voltas e aí em um das noites fomos conhecer Navigli! É bem fofo e interessante, ainda mais que era a nossa primeira viagem pra Itália e a primeira cidade a conhecer (depois de conhecer Veneza, Murano e Burano, acho que os canais perderiam um pouco a graça, mas continuaria sendo um ótimo lugar para curtir a noite!)!

  4. Deve ser um luxo que só o povo bem vestido ao extremo curtindo a noite em Milão. Ô povo arrumado esse daí. Anotada a dica!

    • Falam que até os cachorrinhos são elegantes por aqui…pior que é verdade ahaha eles tem umas roupinhas lindas! Precisa ver.

Write A Comment