Ciao a tutti! Sempre nos perguntam como é o inverno em Milão, já que no Brasil não estamos acostumados a temperaturas muito baixas ou a neve e é muito normal essa dúvida. Nossa resposta sempre é: Milão é uma cidade linda e aconchegante em qualquer época do ano, cada estação tem seu ponto forte e basta adaptar o seu roteiro e aproveitar bastante! Lembre-se que no inverno é baixa estação e a cidade é mais vazia, os preços são mais baixos, tornando o turismo por aqui muito interessante. E nesse post vamos te dar todas as dicas, desde o que comer, o que fazer e temperatura média no inverno em Milão. Vamos lá?

Bom, a primeira coisa que você precisa saber é se faz muito frio em Milão no inverno. Sim, faz muito frio, principalmente em dezembro, janeiro e fevereiro, quando as temperaturas vão de -3°C a 8°C com alguns dias de neve. Alguns, pois não neva todo dia e nem toda semana por aqui e comparando com outras cidades européias, Milão tem até pouca neve. 

Veja no vídeo como foi a primeira neve do fim de ano em Milão

O que fazer no inverno em Milão

Andar pela cidade o dia todo não será muito confortável como é na primavera por exemplo, então use isso a seu favor e tenha uma ótima desculpa para entrar nos vários museus e apreciar as obras de arte de cada um, visitar as históricas igrejas de Milão, entrar nos bares e restaurantes para comer panettone, risotto com ossobuco, cotoletta alla milanese e diversos outros pratos tradicionais milaneses deliciosos e ainda fazer muitas compras, afinal estamos na cidade da moda né?

E se sua visita é em dezembro e início de janeiro, vá a todos os Mercadinhos de Natal que puder! Eles são lindos, cheios de decorações com boas opções de presentes e ótima comida, realmente imperdíveis.

Veja no vídeo como é o Mercadinho de Natal da Piazza Duomo

Além dos Mercadinhos de Natal, os museus são de passagem obrigatória também no inverno e essa dica vale para todo os meses frios, quando a cidade fica mais vazia e é tranquilo andar por cada um deles. Aproveite que Milão tem excelentes museus.

Falando ainda sobre Museus, quando visitar o Duomo aproveite e visite seu museu, nele é possível ver de perto algumas esculturas, vitrais e pinturas, sempre muito interessante. Ou ainda visite o Museo del Novecento, que fica alí do lado e é o lugar perfeito para quem ama arte moderna, pois ele abriga obras de importantes pintores de início século como Picasso, Kandinskij e Modigliani. No último andar existem grandes janelas de vidro com vista para o Duomo que além de proporcionar a mais bela vista, proporciona também os mais lindos cliques. 

Ainda perto do Duomo, mais especificamente no número 13 da Via Magenta, a San Maurizio al Monastero Maggiore parece uma igreja qualquer olhando por fora, sem muitos atrativos. Porém, é só entrar que tudo muda, se trata de um dos maiores tesouros da cidade. É chamada de Capela Sistina de Milão pelos 4 mil metros de afrescos em seu interior. 

A Capela Sistina de Milão
San Maurizio al Monastero Maggiore, a Capela Sistina de Milão

Ah, e lembre-se que todos os restaurantes, museus, lojas e igrejas tem aquecimento, então no inverno em Milão intercale seus passeios na rua com eles. Saindo ainda do Duomo e agora visitando a Galleria Vittorio Emanuele, a dica para se aquecer é o restaurante Savini que tem o risotto considerado o melhor de Milão, inclusive Grace Kelly dizia isso. Ele não está entre os mais econômicos, mas vale a pena provar uma vez, é delicioso. Na Galleria muitas lojas (de luxo) como Prada, Louis Vuitton e Gucci, todas com a fachada dourada e preta, deixam a visita ainda mais emocionante e é uma ótima opção para compras das últimas tendências de moda no inverno em Milão.

Pertinho da Galleria, a Corso Vittorio Emanuele é também uma ótima opção de rua de compras em Milão, mas agora para todos os bolsos com lojas como a Zara, H&M, Alcott, Pull&Bear, Kiko Milano, além da super tradicional Rinascente (mas agora não para todos os bolsos) que é uma loja de departamento com vários andares e várias lojas com itens de decoração, roupas, perfumaria, um café e um delicioso restaurante no último andar.

E se sua visita sai da Galleria e vai até o Castello Sforzesco, no meio desse trajeto tem a Starbucks mais bonita do mundo, aquecida e com ótimas opções de café e comidinhas, além de realmente ser muito bonita. Dê uma passadinha. Do lado da Starbucks, atravessando a rua, uma loja da Uniqlo é a opção para comprar roupas térmicas, desde calças, meias, jaquetas e até camisetas, tudo com ótimos preços e qualidade, no caso das roupas do Brasil não foram o suficiente.

E aí chegando no Castello, visite um de seus Museus, que são vários: Museu de Arte Egípcia, Museu de Arte Antiga, Museu dos Instrumentos Musicais, Museu da Pietà Rondanini com a última obra do mestre Michelangelo. Imperdível!

Pietà Rondanini
Pietà Rondanini de Michelangelo

E se você saiu da Galleria e foi visitar o Quadrilatero della Moda que é o quarteirão dedicado a compras de luxo com lojas como Cartier, Bulgari e Tiffany, a pausa além das lojas (se o bolso permitir) pode ser na histórica Pasticceria Cova que fica na Via Montenapoleone número 8, onde você pode mimar-se com um café e uma sobremesa especial ou ainda visitar o museu do Palazzo Morando que fica na Via Sant’Andrea número 6, um museu inteiro dedicado a moda e imagem e tem entrada sempre gratuita.

Já no charmoso bairro de Brera, o inverno em Milão é bem recebido pela Pinacoteca, o templo da arte e cultura da cidade e no inverno não pense duas vezes em se refugiar por ali. Já no seu pátio uma imponente estátua de bronze de Napoleão vestido como Marte pacificador nos dá as boas vindas: uma antecipação da magnificência artística das obras-primas de Rafael, Caravaggio, Andrea Mantegna, Giovanni Bellini, Fattori e Canaletto que esperam por você nas salas de exposições da Pinacoteca (se sua visita a Pinacoteca for no primeiro domingo do mês, a entrada será gratuita). E se você estiver com fome, não deixe de conhecer um lugar muito famoso na região: a Pizzaria Sibilla, com suas deliciosas pizzas no melhor estilo napolitano. Vale a pena provar.

O charme de Brera

A Via Brera, ainda pertinho do Duomo é a rainha das lojas vintage, joalherias artesanais preciosas, antiquários e antiguidades. Além deste último, existem também muitas perfumarias das melhores marcas e também pequenas lojas onde é possível criar fragrâncias. Uma delícia! E se você estiver em Milão no terceiro domingo do mês, não perca o Mercado de Antiguidades de Brera com mais de 100 expositores de objetos antigos e modernos que oferecem seus produtos entre a vias Fiori Chiari, Madonnina e Formentini. A entrada é gratuita e se pode encontrar antiguidades preciosas e objetos modernos, relógios, porcelanas, pinturas e artesanato.

Nada de aperitivo no Navigli? Que nada, muitos dos bares deixam um aquecimento do lado de fora e tudo fica muito confortável com vista para os canais! Além disso, alguns dos bares tem mesas internas, então não deixe de fazer seu aperitivo mesmo no inverno em Milão hein. E se for até o Navigli saindo da Piazza Duomo, passe pela Via Torino, com inúmeras lojas que apresentam preços realmente bons: lojas vintage, lojas de roupas casuais ou militares e para os amantes de rock e punk, tem de tudo!

Inverno em Milão
Naviglio

Aproveite ainda sua passagem pela Via Torino e o inverno em Milão para descobrir a Igreja de Santa Maria presso San Satiro, no número 17/19. Sua arquitetura traz a assinatura do grande mestre Bramante, autor de uma das soluções de perspectiva mais brilhantes e modernas do início do Renascimento. Mime-se com alguns minutos nesta igreja: você ficará fascinado!

O CityLife Shopping District

E saindo um pouquinho do centro de Milão, que tal ir ao shopping da cidade e fugir um pouquinho do inverno em Milão? O CityLife Shopping District é o maior distrito urbano dedicado às compras na Itália, um lugar muito especial com 80 lojas, 1 supermercado (Carrefour), 20 restaurantes e bares, além de 7 salas de cinema. Ele é um novo conceito de espaço para lazer e estilo de vida que vai além das tradicionais ruas de compras da cidade, ele é um verdadeiro shopping center em Milão. Para chegar nele, basta descer na estação de metrô Tre Torri da linha 5 (lilás) que você já cai dentro do complexo do CityLife, super fácil.

inverno em Milão
Se agasalhe bem e Descubra Milão!

O que não vai faltar é opção do que fazer no inverno em Milão. Coloque uma roupa quente e aproveite a cidade. Descubra Milão também no inverno! 

Write A Comment