Todo mundo sabe que a Estátua da Liberdade é o símbolo de Nova York, mas talvez não muitos pessoas saibam que na fachada do Duomo de Milão é esculpida uma Estátua da Liberdade, que provavelmente é também sua versão original. 

Ela está localizada no lado esquerdo da varanda, mais precisamente acima da porta central da Catedral, que remonta a 1810 e foi construído por Camillo Pacetti, que lhe deu o nome “La Legge Nuova” (a nova lei).

As semelhanças entre a Estátua da Liberdade de Milão e a americana são muitas e, por essa razão, muitos acreditam que Frederic Auguste Bartholdi foi inspirado em “A Nova Lei”, criada por Pacetti na era napoleônica, para a criação da Estátua da Liberdade que todos nós podemos admirar hoje em Nova York.

As analogias são muitas: primeiro, ambas as estátuas seguram uma tocha na mão direita, assim como tem uma coroa. A Estátua da Liberdade em Nova York também carrega a tabula ansata (uma tabuleta que evoca uma lei), que está presente na estátua ao lado da chamada “Nova Lei”.

Essa outra estátua é intitulada “A Velha Lei”. O mais extraordinário é que, se você olhar de perto para elas, verá como a combinação dos detalhes dessas duas estátuas reproduz exatamente a Estátua da Liberdade em Nova York.

Estátua da Liberdade no Duomo de Milão

Muitos falaram de “plágio”, mas, a esse respeito, todos apresentam suas próprias teorias diferentes. Deve-se enfatizar, no entanto, que “A Nova Lei” foi construída 70 anos antes da que se tornou o símbolo de Nova York.

Todo mundo naturalmente tem sua palavra: os franceses dizem que a inspiração veio do Colosso de Rodes (aham), enquanto alguns textos ingleses falam de San Carlone di Arona. Em vez disso, os toscanos reiteram que a fonte é a Estátua da Liberdade da Poesia, localizada no monumento funerário de Giovanni Battista Niccolini, na bela Basílica de Santa Croce, na capital toscana de Florença, criada pelo mestre Pio Fedi.

Entre todas essas teorias, em nossa opinião, a referência à obra de Camillo Pacetti, que também dirigiu a decoração do Arco della Pace em Milão, é a mais provável, ainda que Bartholdi tenha sido simplesmente inspirado por mais de uma estátua. Bom, cada um dos trabalhos citados tem grande valor artístico e cultural e merece uma visita. Até a próxima! 

Write A Comment