Ciao! Na Itália temos a água-dura, que é chamada assim por ser rica em calcário. É potável, mas gera alguns probleminhas, além de ter um gosto um pouco diferente da que nós brasileiros estamos acostumados.

A Itália é um dos maiores consumidores de água no mundo, então tem vários tipos dela à disposição no mercado. Atendendo a todos os gostos possíveis, tem água com potássio, água com magnésio, água que ajuda eliminar líquido, que ajuda no bom funcionamento do intestino, tem pra tudo! E não pense que a água é cara por aqui, é possível achar garrafas de água de 2 litros por apenas 17 centavos.

Você é daqueles que evita comprar muitas garrafas de plástico? Existe a versão econômica disso que são as jarrinhas que você troca o filtro e vai usando a água da torneira mesmo. Nós usamos tanto essa jarrinha, quanto água mineral de supermercado, não sentimos muita diferença no sabor e o meio ambiente agradece. Usamos a jarrinha da marca BRITA, fácil de achar em supermercados, Amazon, Media World e Leroy Merlin. 


Esse calcário da água gera alguns problemas, como manchas no fundo das panelas, cafeteiras, nos copos, talheres, manchas na máquina de lavar, na pia, no box e em todos os lugares que a água passa. O ideal é usar um filtro em todas as saídas de água, evitando esse acúmulo de calcário (nós compramos esse filtro na Leroy Merlin). E se juntar alguma mancha mesmo assim, usamos um limpador anti-calcário, que encontramos nos supermercados (tem para cada tipo de material) e é uma espécie de Veja, que limpa tudo. Ah, e esse calcário é só chato, não é tóxico nem nada, fique tranquilo.

Quando chegamos na Itália não sabíamos direito desse calcário (no Brasil não tem nada disso), você simplesmente liga a torneira e usa a água sem preocupação. Porém um certo dia estávamos em Bassano del Grappa, cidadezinha linda do Vêneto, lavando o cabelo, quando um olhou pro ralinho e estava entupido de cabelos. Socorro, vou ficar careca! Nem sabíamos que o efeito desse calcário era real e tão forte.

Foi aí que pesquisando descobrimos que isso é normal aqui e totalmente remediável. A primeira coisa foi comprar um filtro para o chuveiro. Sim, todas as saídas de água devem ter um filtro quando o que sai da torneira é a água-dura, principalmente o chuveiro. Você encontra esse filtro em qualquer Leroy Merlin (como já dissemos) ou loja de materiais de construção, trocamos a cada 3 meses e custa perto de 10 euros.

A segunda coisa foi comprar um shampoo anti-calcário que usamos a cada 15 dias, ele tira qualquer resíduo que ficar no couro cabeludo. Usamos o L’oreal Pure Resourse de 500 ml (não vivemos sem!), que dura 1 ano, e olha que usamos em duas pessoas. Homens usem também esse shampoo.

E para garantir, tomamos uma cápsula de integrador alimentar 2 vezes por semana, que ajuda no fortalecimento do cabelo e unhas. Usamos o Swisse Capelli Pelle Unghie (nosso preferido, encontrado em farmácias ou na Amazon) ou o Optima (encontrado em supermercados e Amazon). Com isso não ficamos carecas, os cabelos não caem mais e ficaram muito mais bonitos que no Brasil. Ufa! 

Problema água dura na Itália integrador alimentar

OUTRA SUPER DICA! Faça nossa sessão fotográfica em Milão ou arredores! Todos nós amamos ver fotos de uma boa viagem e lembrar dos bons momentos como casamento, noivado, aniversário, não é mesmo? Fale conosco e agende já sua data.

3 Comments

  1. Oi! Você tem o nome dessa jarrinha ou o local onde comprou?
    Estou próxima a Bassano e fiquei bastante interessada.
    Parabéns pela escrita. Foi bastante esclarecedora.
    Agradeço desde já pela resposta!
    Carla

    • Olá Carla! Nós já moramos em Bassano, oh cidade linda!
      A jarra se chama Brita. Você encontra em quase todos os supermercados, e em Bassano por exemplo você encontra no Supermercado Interspar e na Media World do Centro Commerciale Il Grifone. Na Amazon acha também.
      A nossa compramos em um supermercado qualquer em Milão, não é difícil de achar não.
      Obrigada 🙂

Write A Comment